Monday, May 01, 2006


Síntese dos Seminários




O planejamento é uma das formas que o professor tem para dar seguimento no que vai ensinar, organizar os assuntos que serão passados. Más no decorrer do ano letivo pode ser mudado de acordo com a necessidade da turma.A escola participa com o projeto onde vai auxiliar e estabelecer seus objetivos educacionais como: Que transformações pretendem gerar com seus alunos e na comunidade, ações educativas irão promover, recursos, matérias, contudo o projeto considera a realidade da escola, os problemas e também se os alunos estão aprendendo. Com isso o planejamento do ensino deve considerar os valores, os saberes, e as experiências práticas que eles possuem, selecionando e organizando os conteúdos do ensino coerentemente com essas condições.
A escola também deve acompanhar e avaliar o seu projeto, observando as mudanças que vão ocorrendo.Assim o planejamento do ensino se realiza no espaço da sala de aula onde envolve componentes que não podem ser considerados isoladamente; O aluno que aprende, o professor que ensina, um ou mais conteúdos de aprendizagem avaliação.
O planejamento constrói o ensino, pois deixa de improvisar dando seguimento.Más o professor não deve descartar a possibilidade do aluno, ou seja, o aluno trás algo novo para sala ou uma pergunta que seja feita por ele.Porque é apartir daí que se cria aluno crítico, fazendo com que ele participe e de sugestões.Com isso a principal função do planejamento é garantir a coerência entre as atividades que o professor faz com seus alunos e as aprendizagens que pretende proporcionar.Entretanto o planejamento é construído individual e em equipe, deve ser flexível, pois existirá situações que terá que mudar. Sendo assim o planejamento do ensino orienta a prática pedagógica e não “ditador de ritmos” no qual os alunos devem seguir uniformemente, dessa forma o professor não pode descartar o registro porque ele é uma forma de organizar o planejamento do ensino, e esse registro não se fixa, reflexivo, crítico.
O planejamento não pode descartar os seguintes componentes: As intenções educativas – conteúdos, objetivos educativos as atividades, como será avaliação.
A avaliação deve ser continua ou mediadora é o instrumento por meio onde o professor procura observar o desenvolvimento de seus alunos; Dando suporte ao professor se deve mudar o seu projeto o que deve ser mudado ou melhorado.Deve-se levar em consideração que as atividades devem ser de acordo com aquilo que se quer ensinar, ou seja, em curto prazo, médio, ou longo prazo, também as experiências dos alunos.
Portanto a aprendizagem não é um processo linear e ocorre com sucessivas reorganizações do conhecimento.O ensino deve partir do conhecimento prévio do aluno com o objetivo em considerar as experiência de vida e as dificuldades.
Referente ao processo de avaliar o aluno, o professor ainda não pode deixar de fazer prova, porque não tem como atender cada aluno individualmente, más que não seja a única forma de avaliar seu aluno e sim observar o desenvolvimento em aula.

Tuesday, April 18, 2006

Observação na Escola

As aulas do dia 6/4/06 e 11/04, foram destinada para a observação na escola,onde se encontra informações no blogger de uma das componentes do grupo.ladybarreto.blogspot.com.

Tuesday, March 28, 2006

ldb

data:28/03/2o06

Formação de docentes:

O saber e o poder; O que acontece no caso específico do Brasil,é que as preocupações quanto ao magistério voltam-se mais para a administração do ensino e menos para a formação do docente, mais para superestimação dos meios e menos para fins da educação mais com o chamado especialista do que com o educador.
A reflexão sobre o ensino propriamente tem ficado para o segundo plano.Para ensinar não é suficiente conhecer os conteúdos.É preciso saber o que seja a educação e como se configura quanto ao homem a educar e quanto ao projeto de uma sociedade justa e desenvolvida.
O fenômeno da educação parece não ter consciência do seu papel histórico e social.Se houvesse tal consciência, a teoria passaria a ser instrumento e fundamemtação conceitual de um novo tipo de comportamento e apoio da aprendizagem.
Há uma diferença entre professor e educador:
O professor quantifica segundo a lógica de cada instituição e adere á rotina de atribuir graus e conceitos e a imposição do planejamento. O educador cria e descreve mundos e leva o aluno a perceber os mundos como foram descritos.
Com a nova ldb nós faz refletir preocupações marcantes dos nossos educadores como a extensão da educação básica, o tempo de permanência na escola, novos currículos com características de transversalidade, a remuneração do magistério, a autonomia, universitária, o emprego inteligente da metodologia da educação á distância e outras questões igualmente essenciais.
É importante ressaltar que a aplicação de uma lei deve considerar a realidade concreta em que será aplicada, uma vez que vivemos num país marcado pela desigualdade social e econômica.Nesse sentido não basta apenas conhecer a lei, é necessário que dela se faça uma leitura crítica compreensiva, para que , na prática , possa ocorrer sua aplicação efetiva.Pois conhecer o processo em que se desenvolveu toda a construção da ldb, para que consigamos perceber e entender as contradições nela existente.



Tuesday, March 21, 2006

A entrada na faculdade

O meu primeiro contato ao mundo totalmente desconhecido pois antes de entrar passei por todo processo de cursinho fiz um ano e meio, más conseguir entrar.Hoje já não sou a mesma quando entrei, pois conheci um universo amplo de conhecimento onde posso entender por exemplo procurar uma biblíografia que até antes não sabia! parece banal, Más não é! vim do interior e não sabia se aqui estária hoje: para mim uma conquista que vai mim levar a oportunidades que jamais teria se não tentasse. Por isso nunca devemos desistir dos nossos sonhos, por mais que pareça distante.Sonhar e acreditar sempre pois mesmo com poucos recursos somos capazes de modificar uma realidade que parece ser impossível para muitos.

Tuesday, March 14, 2006

Aula de Química Orgânica

Foi uma das matérias que mais gostei,pois me deu subisídio para minha vida cotidiana, sendo assim podendo relacionar com o meu dia- a- dia.Ou seja,nas aulas de laboratório aprendir fazer Recristalização, ASS,Destilação. Com ajuda do professor que tentou passar da melhor maneira possível mesmo com toda falta de matérial para uso nas aulas de laboratório.

Thursday, March 09, 2006

Apresentação

Me chamo Mirian, sou aluna da ufba cursando ciências naturais, o objetivo desse blog é interagir com os meus colegas da disciplina ensino de ciências.